Nós
David Martelo

Coronel David Manuel de Matos Martelo

É Coronel do Exército, na situação de reforma.

Ingressou na Academia Militar, em 1963, licenciando-se em Ciências Militares, ramo de Infantaria.

Entre 1967 e 1972, cumpriu duas comissões de serviço em Angola.

Como oficial superior, comandou um batalhão da Brigada de Forças Especiais (1988/89) e foi 2.º Comandante do Regimento de Infantaria de Chaves. Entre 1990 e 1993, prestou serviço no Comando das Forças Terrestres Aliadas do Sul da Europa (Verona-Itália) e, entre 1993 e 1995, foi chefe do Estado-Maior do Comando da Região Militar do Norte.

É diplomado dos cursos “Infantry Officer Advanced Course”, da Escola de Infantaria do Exército dos EUA (Fort Benning), Curso Geral de Estado-Maior e o Curso de Estado-Maior, do Instituto de Altos Estudos Militares.

Em 1995, a seu pedido, passou à situação de reserva, após o que encetou a sua actividade como escritor e conferencista, privilegiando o debate dos temas de defesa contemporâneos e a história militar. É autor das seguintes obras:

História do Regimento de Infantaria do Porto – 1980

O Exército Português na Fronteira do Futuro – 1997;

As Mágoas do Império – 1998;

A Espada de Dois Gumes – 1999;

1974 – Cessar-Fogo em África – 2001;

O Cerco do Porto – 1832-33 – 2001;

A Dinastia de Avis e a construção da União Ibérica – 2005;

Os Caçadores – 2007;

Origens da Grande Guerra – 2013.
A Imprevidência Estratégica de Salazar – Timor (1941) / Angola (1961) – 2015 

Colaborou, também como autor, nas seguintes obras (coord. Aniceto Afonso e Carlos M. Gomes):

Guerra Colonial – 2000

Portugal e a Grande Guerra – 2010

Os Anos da Guerra Colonial – 2010

Além da sua actividade como autor, traduziu para português (Edições Sílabo) as seguintes obras:

A Arte da Guerra (Nicolau Maquiavel) – 2006

O Príncipe (Nicolau Maquiavel) – 2007

História da Guerra do Peloponeso (Tucídides) – 2008

História da Galiza (M. Recuero Astray e B. Barreiro Mallón) – 2008

Compêndio da Arte da Guerra (Antoine-Henri Jomini) – 2009

Discursos sobre a Primeira Década de Tito Lívio (Nicolau Maquiavel) – 2010
Capas Obras CV.pdf (1623771)

É membro efectivo do Conselho Científico da Comissão Portuguesa de História Militar. Entre 2007 e 2012, foi o representante português no Comité Bibliográfico da Comissão Internacional de História Militar.

Ler mais: http://www.a-bigorna.pt/perfil/

Espaço CPLP

  Acesse através daqui aos mais recentes projetos da Associação dos Amigos das Forças Armadas Portuguesas:

 Etica e Cidadania para a Consolidação da Paz e SegurançaINSCREVA-SE

Reserve a sua participação.

Um projeto de investigação e formação na CPLP e Europa

Envie-nos o seu artigo

Deseja ver o seu artigo publicado na Associação dos Amigos das Forças Armadas Portuguesas? Envie-nos o seu artigo por através de email para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. . Após ser revisto e aprovado procederemos à publicação.